Jovens recomeçam suas vidas no Quirguistão

spot_img

Mais lidas

Akim e as irmãs permaneceram firmes na fé apesar da pressão do pai

Akim e as irmãs gêmeas frequentavam à igreja em segredo e se fortaleciam na fé enquanto o pai estava trabalhando na Rússia. As meninas ficaram sob os cuidados de Akim desde a morte da mãe, em 2021. Em abril, o pai voltou para o Quirguistão, quando ele descobriu a conversão e começou a bater nelas por causa disso.

As jovens também eram forçadas a aprender o Alcorão, livro sagrado dos muçulmanos. Quando não lembravam de alguma parte, ele ameaçava quebrar os ossos delas e até matá-las. As gêmeas contaram para o pastor da igreja sobre as agressões e ele avisou Akim.

Uma determinada noite, o pai chegou bêbado e ameaçou as filhas para se tornarem muçulmanas, Akim tentou acalmá-lo, mas foi agredido e ameaçado de morte. Os jovens precisaram fugir de casa e encontraram abrigo em uma igreja local.

Atualmente, Akim estuda e trabalha em uma igreja em uma grande cidade e encontrou o pai há pouco tempo, mas a conversa foi breve. As meninas também evitam encontrar o pai. Os irmãos ainda oram por ele e pretendem tentar retomar o contato no futuro.

Por Portas Abertas

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -