“Cristo salvou meu casamento”, testemunha casal que superou adultério

spot_img

Mais lidas

Após confessar traição, o soldado teve que lidar com a mágoa da esposa e contou como Deus restaurou o relacionamento.

Ricky é um soldado sobrevivente de cinco missões de combate no Afeganistão. Ele conta que quando se vive guerra, aprende-se a fazer o jogo: “Você trabalha duro, você joga duro”. 

Ele reconhece que está vivo porque Deus o protegeu. “Vivi tempos em que tudo estava explodindo ao meu redor e as balas passavam tão perto de mim que roçavam o tecido do meu uniforme, mas sempre me senti protegido. Eu sabia que a mão de Deus estava sobre mim”, revelou.

Além disso, ele reconhece também que a proteção estava relacionada às orações fiéis de sua esposa, Kay. “Sempre orei pedindo a Deus que desse ao Ricky proteção e orientação. 

Porém, o ambiente hostil do Afeganistão afetou a fé do soldado. Ele explica que oscilava entre o quente e o frio, quando fala do seu relacionamento com Deus. Ricky conta que viveu a vida no limite, dentro e fora do campo de batalha.

Infidelidade conjugal

Para o soldado que passava 10 meses por ano longe da esposa, os desafios foram enormes. “Eu era um daqueles caras que podiam passar uma semana sem pensar em Cristo e na salvação”, revela.

“Mas quando acontecia algo em minha vida, quando eu perdia um amigo, isso me fazia pensar que eu não estava fazendo as coisas certas. Mas você é o que você é, e você acaba aceitando os retrocessos”, disse. 

Ricky só podia ver a esposa dois meses por ano. Logo, estando tanto tempo longe de casa, tornou-se muito fácil fazer o que ele sabia em seu coração que não era certo.

“Vou ser muito honesto, fui infiel à minha esposa em três ocasiões distintas. E longe de me justificar, mas nunca saí com a intenção de fazer esse tipo de coisa”, disse ao contar que se envolveu com o alcoolismo também.

“Sabia que isso acabaria com meu casamento”

“Eu estava num lugar onde não deveria estar e sempre com pessoas que não buscavam os mesmos interesses que eu”, lembrou. 

“Eu escondi minha culpa e, às vezes, esquecia da traição, pois sabia que isso acabaria com meu casamento. Eu não queria isso, pois sempre amei muito a minha esposa. Eu amo minha vida”, continuou. 

Kay, porém, já desconfiava, mas não tinha certeza de nada até que, um dia, sua suspeita foi confirmada por uma pessoa. Na época, Ricky estava em sua quarta missão no Afeganistão.

“No começo, me senti abandonada por Deus porque havia orado por tanto tempo e senti que ele nunca me ouviu”, disse Kay.

Restauração

Embora Kay ainda amasse o marido e não considerasse o divórcio uma opção, ela estava profundamente magoada.

“Eu estava lutando contra esse sentimento de mágoa e ressentimento em relação a ele. As coisas que ele tinha feito no passado começaram a me afetar e eu comecei a ficar amarga”, destacou. 

Enquanto isso, Ricky não conseguia mais conviver com sua culpa. “Não quero morrer com nenhuma pergunta ou dúvida entre mim e minha esposa. Eu queria poder olhar para ela e dizer que não há nada entre nós que esteja oculto”, ele disse.

Pensando em confessar sua culpa, o soldado chegou em casa decidido. Mas, ao contar sobre o adultério percebeu que não seria fácil.

‘Relacionamento sério com Deus’

Era domingo, e Ricky estava na igreja quando percebeu que a única coisa que estava interferindo no seu relacionamento com Kay e com Deus era ele mesmo.

“Um de nossos pastores estava pregando e a mensagem me encorajou. Foi quando percebi que naquele momento da vida tudo o que eu queria era ser filho de Deus”, compartilhou. 

“Mais do que ser o melhor atirador ou o melhor boina verde e mais do que estar no topo ao olhar da comunidade, eu queria um relacionamento sério com Deus. Mas para isso, eu teria que me livrar do lixo que estava dentro de mim”, reconheceu. 

Momento de confissão

Naquela mesma tarde, Ricky contou tudo a Kay e esperava o pior. “Se a ofensa for tão grave que você não puder me perdoar, eu vou entender”, ele disse ao explicar que ela era livre para decidir se queria o fim do casamento. 

“Você pode seguir seu próprio caminho, mas eu não quero que isso aconteça. Eu te amo e estou apaixonado por você. Eu quero que o nosso casamento permaneça pelo resto dos meus dias”, disse o soldado confessando ter sido um momento bem difícil.

Kay, porém, respondeu: “Vou confessar que realmente fiquei muito magoada. Eu até estava me sentindo bem sozinha”, contou a esposa sobre sua decepção e busca por conforto longe do marido.

Restauração através das orações

Kay conta que levou um tempo para se recuperar, mas disse que as orações a sustentaram. E Ricky teve que esperar um pouco até que tudo voltasse ao normal. “Cristo restaurou meu casamento e restaurou minha fé”, disse o soldado. 

“Bem, não foi apenas ao Ricky que Deus ouviu. Ele me ouviu também e curou a minha dor, pois eu estava sofrendo muito com a mágoa. Deus nos deu forças”, disse a esposa. 

Quando Ricky foi recrutado novamente, em 2010, ele estava fundamentado em sua fé e dependia de Deus não apenas para sua proteção, mas também para sua paz e orientação.

Atualmente, ele está aposentado e é grato a Deus pela restauração que Deus fez em seu casamento e em sua vida.

“Posso dizer que meu coração está cheio agora. Foi por meio de uma reconciliação que pude sentir como se estivesse nascendo de novo”, disse Ricky ao concluir: “O que Cristo fez por nós na cruz cobriu meu pecado e me deu a oportunidade de não ter que conviver com isso. Foi incrível. Não há um único dia que eu não agradeça por seu sacrifício de amor”.

Por Guiame

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -