A importância dos dons espirituais na Igreja

spot_img

Mais lidas

As manifestações desses dons espirituais é um ato soberano de Deus sob a Sua Igreja. Não é uma obra humana!

O nosso Deus, em Sua infinita sabedoria, trabalha de uma forma harmoniosa e perfeita. Não existe o contraditório na Sua essência. No Seu plano magnífico, Deus, em Jesus Cristo, levanta a Igreja como mensageira da salvação e a mesma se beneficia das riquezas espirituais que as Escrituras ensinam. Faremos menção de uma delas: os dons espirituais registrados em 1 Coríntios 12: 8-10 e Romanos 12: 6-8.

Mas surge a pergunta: esses dons são para os nossos dias?

A Declaração de Fé das Assembleias de Deus responde que “os dons do Espírito Santo são atuais e presentes na vida da Igreja” (CGADB, 2017. Página 171). Isso é nítido nas suas manifestações nas igrejas que acreditam e buscam a atualidades desses dons. Não tem como negar. As manifestações desses dons espirituais é um ato soberano de Deus sob a Sua igreja. Não é uma obra humana!

O propósito de Deus de utilizar esses dons na Sua Igreja, segundo Antônio Gilberto, “é capacidade divina sobre o crente, para o serviço especial na execução dos propósitos divinos” (GILBERTO. 2006, Página 68). Todavia, tem ocorrido vários tipos de problemas semelhantes aos que ocorreram na igreja de Corinto. O apóstolo Paulo corrigiu e ensinou a igreja a se comportar de forma correta (1 Coríntios 14: 26-40).

Mas qual seria a razão dos excessos e exageros que têm ocorrido em muitas igrejas? Gilberto responde que “predominância da doutrina do Senhor corrige erros, evita confusão e repara estragos” (GILBERTO. 2006, Página 76). A falta de ensino bíblico nessas igrejas tem resultado vários escândalos que envergonham o nome de Jesus e tirado o crédito de igrejas. Problemas como “profecias de casamentos, manipular os milagres para tirar dinheiro das pessoas” e outros desses tipos, são atitudes que a Bíblia reprova. Deus não compartilha com esse grupo (Mateus 7: 21-23). Uma igreja enraizada na Bíblia, que valoriza a sua exposição, é uma igreja sadia e firme. Não é perfeita, mas evitará muito exageros e erros que ocorrem em muitos lugares.

Os dons espirituais não servem para glorificação humana. Os dons espirituais são atos de Deus para Sua glória, manifestado na comunidade de fé. O comentário bíblico Beacon define o objetivo dos dons espirituais como “edificação da igreja e o fortalecimento dos seus membros” (BEACON. 2017). O mesmo Espírito Santo que capacita para o serviço, é o mesmo que edifica a Igreja para uma fé viva e fortalece o Seu povo a continuar a sua jornada cristã.

As manifestações do poder de Deus, registradas no livro de Atos, devem ser para nós uma referência para nossa atualidade. Sigamos o conselho do Dr. Menzies: “Histórias do poder do Espírito Santo, que capacita os discípulos comuns a fazer coisas extraordinárias para Deus” (MENZIES. 2016, Página 21).

Por Ediudson Fontes é Pastor auxiliar da Assembleia de Deus – Ministério Cidade Santa no RJ. Bacharel em Teologia pela Fateos. Pós-graduação em Ciência das Religiões. Mestrado em Teologia Sistemática pela Fateos.

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -