Cristão é atacado e expulso de casa em Bangladesh

spot_img

Mais lidas

Jashim foi ameaçado de morte e sua esposa e filhos precisaram se esconder

O pedreiro Jashim Uddin, 25 anos, se converteu a Jesus e foi batizado em 2021 em Bangladesh. Mesmo sem ter estabilidade financeira, Jashim, sua esposa e os três filhos eram felizes com o que tinham. Em 14 de maio de 2022, ele foi atacado em sua casa, na cidade de Jhenaidah, sudoeste do país. Parentes o agrediram por ter se tornado cristão.

Os agressores ficaram irados com as palavras do cristão. Eles esfaquearam e bateram nele, jogando-o no chão. Algumas pessoas seguraram suas mãos e pés, outras tentaram estrangulá-lo e esfaqueá-lo. A esposa e os filhos se esconderam e não foram localizados. Ele conseguiu escapar para a casa do líder da igreja e, em seguida, foi levado para um hospital.

Assim que voltou para casa, depois das ameaças, a polícia estava esperando em sua residência. Como as denúncias eram relacionadas à conversão ao cristianismo, ele foi ridicularizado e os policiais negaram as medidas de proteção. Depois que eles saíram, os agressores voltaram e atacaram Jashim novamente. Dessa vez, a agressão foi pior do que a anterior e ele foi expulso de casa.

O cristão foi levado ao hospital com ferimentos graves e fala incoerente. Os parentes de Jashim ameaçaram matá-lo se ele voltasse para casa e sua família continua desaparecida.

Por Portas Abertas

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -