Jesus aparece em quarto de hospital e cura câncer em estágio 4: “Tinha 3 meses de vida”

spot_img

Mais lidas

“Eu fui 100% curado quando Jesus me tocou no ombro”, conta Chuck Keels

Este ano, Chuck Keels quer se desafiar: percorrer mais de 4.800 km de bicicleta da Califórnia para a Flórida em 2 meses. Viver esse tipo de superação era impensável há 7 anos, quando ele recebeu apenas 3 meses de vida.

“Foi uma época muito assustadora pra mim”, disse Chuck ao 700 Club Interactive. “Eu estava morrendo”.

Chuck era um pai solteiro que tinha uma vida ativa com seus dois filhos adolescentes, Daunte e Chucky. Ele gostava de fazer caminhadas e mountain bike nas colinas ao redor de Phoenix (EUA) e desfrutava de uma boa saúde até meados de abril de 2015. 

“Percebi que estava ficando cansado. Tinha uma dor começando no meu corpo e a cada dia eu me levantava era pior”, lembra.

Na noite de 15 de maio, as dores intensas de Chuck o levaram ao pronto-socorro. Depois de uma bateria de exames, um diagnóstico inesperado o devastou: ele estava com câncer.

“Eu só senti as lágrimas rolarem pelo meu rosto. Eu não podia acreditar que eu tinha câncer aos 50 anos. O câncer faz você dar um passo para trás e olhar para o que realmente é importante na vida”, afirma.

Na época Chuck não tinha Deus como uma prioridade. “Era igreja e oração de vez em quando com meus filhos antes de dormir. Eu não estava perto de Deus. Eu não fui a Deus naquela época”, confessa.

As biópsias revelaram que Chuck tinha câncer de próstata em estágio 4 e a doença se espalhou para 90% de seus ossos. Sem muitas opções de tratamento, os médicos iniciaram cuidados paliativos e Chuck voltou para casa, apenas esperando o fim. 

“Foi uma época muito, muito difícil. Quando eu tive que contar aos meus meninos, foi um pesadelo. Eu tive que sentar eles no sofá e explicar que o médico disse que eu poderia ter mais três meses de vida”, relata.

Chuck fez planos para voltar para Ohio, onde tinha parentes, para deixar seus filhos antes que ele partisse. “Você planeja uma formatura, planeja um casamento, planeja essas coisas quando é pai. E de repente, esse diagnóstico vem e começa a passar pela sua cabeça, sabe, você não vai ver a formatura, não vai vê-los se casar. Foi difícil”, conta.

Novo tratamento

No dia 25 de maio, na manhã em que iam deixar o Arizona, Chuck estava andando pelo corredor quando ouviu um estalo e caiu no chão. “Eu não conseguia me mexer. A dor era excruciante”, relata.

Os paramédicos levaram Chuck ao hospital mais próximo, Fohn C. Lincoln, em Phoenix. Eles descobriram que uma das vértebras de Chuck, erodida pelo câncer, havia entrado em colapso. 

Chuck Keels foi curado milagrosamente no quarto do hospital. (Foto: CBN News)

No entanto, este médico tinha um plano: fazer uma cirurgia para bloquear a testosterona — que estava alimentando o câncer — e iniciar seis meses de quimioterapia. “O objetivo deles era só me dar mais seis meses, um ano, ou talvez dois anos de vida”, diz Chuck.

Jesus no quarto do hospital

Na manhã seguinte, depois de uma cirurgia bem-sucedida, Chuck acordou na sala de recuperação e notou que havia alguém ao lado de sua cama. “Estava olhando para Jesus, e Ele estava olhando para mim”, lembra.

“A mão Dele se estendeu e me tocou no ombro. Eu não vi a boca Dele se mexer, mas ouvi na minha cabeça: ‘Eu estou aqui!’ E eu olhei para cima e Ele se foi. Na minha cabeça estava pensando: ‘Eu estava na presença de Jesus’. Eu estou pirando! Tudo estava passando pela minha cabeça. Não conseguia entender o que estava acontecendo. E então, a pergunta era: ‘por que eu?’”

Momentos depois, Chuck percebeu que não estava mais com dor. Naquela noite, ele decidiu que seu relacionamento com Deus nunca mais seria o mesmo. “Agradeci a Deus e comecei a pensar nisso: ‘Eu sei que o Senhor provavelmente tentou minha vida inteira, mas agora o Senhor tem a minha atenção. Eu me rendo completamente a Ti, vou deixar o Senhor governar a minha vida.’” 

Chuck começou sua quimioterapia e ficou no hospital por 10 dias. Então, ele foi transferido para a Clínica Mayo em Scottsdale para cinco semanas de reabilitação. Lá ele desfrutou de uma conexão mais profunda com Deus.

“As conversas que tive com Deus mudaram minha vida. Deus disse: ‘Enquanto você estiver vivo, esteja vivo’. Então, eu disse: ‘É isso que eu vou fazer’. Eu chamo isso de escola de Deus”, conta.

Tudo se fez novo

Após três meses de tratamento, Chuck voltou ao médico para uma avaliação. “Ela ficou com um sorriso grande no rosto e disse: ‘A sua jornada não é da medicina, é do milagre. Seus exames parecem de um cara normal e saudável.’”

Quando Chuck completou a quimioterapia em novembro de 2015, não havia mais nenhum traço de câncer em seu corpo e os exames não indicaram nenhum dano em seus ossos. 

“A médica disse: ‘Se não conhecêssemos você e não tivéssemos visto seu exame anterior, pensaríamos que você está mentindo para nós. Seus ossos estão completamente limpos.’ Eu fui 100% curado quando Jesus me tocou no ombro”, ele testemunha. 

Chuck se casou novamente e começou uma fundação que oferece assistência a pessoas que lutam contra o câncer. Seu desafio de percorrer os EUA de bike visa aumentar a conscientização sobre sua fundação e o poder de cura de Deus. 

“Eu vi agora o poder de ter um relacionamento com Jesus. Isso é o que tira o estresse e a preocupação de você. É por isso que você ainda pode sorrir no final do dia, mesmo que esteja passando por algo muito, muito difícil. Isso faz uma enorme diferença em toda a sua vida”, Chuck finaliza.

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -