Mulher encontra Jesus na prisão

spot_img

Mais lidas

Ela estava presa por engravidar, após ser abusada sexualmente

Desde pequena, Dhea (pseudônimo) fazia de tudo para agradar a Alá e por isso fazia tudo o que os líderes religiosos e o Alcorão mandavam. Ela cresceu em uma família muçulmana do Sudeste Asiático.

Aos 15 anos, ela foi abusada sexualmente e ficou grávida. Na cultura local, ela foi considerada culpada por tudo o que aconteceu, pois engravidou de um homem influente da comunidade onde vivia.

A muçulmana contraiu malária enquanto estava presa e foi levada ao hospital. Lá conheceu um cristão que estava de passagem pelo país. Quando voltou para a prisão, ela recebeu uma Bíblia dele. Naquele momento, ela sentiu muita raiva do remetente, pois se fosse pega com o livro sagrado do cristianismo seria castigada.

Então, decidiu queimar o presente, mas antes o leria para entender porque ele era considerado tão perigoso. Dhea foi impactada pelos versículos e passou a ler a Bíblia todos os dias.

Quando Dhea cumpriu toda a pena, voltou para casa e logo contou sobre seu encontro com Jesus. Ela foi reprovada pelos pais e perdeu o direito à herança. Também foi questionada pelas autoridades locais e foi presa novamente.

A recém-convertida saiu da prisão e mudou de país para estudar e trabalhar, tudo com o apoio da família na fé.

Por Portas Abertas

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -