Pastor é arrastado para fora de casa e esfaqueado até a morte na Índia

spot_img

Mais lidas

Cristãos na Índia acreditam que nacionalistas hindus são responsáveis por assassinato de pastor.

Um pastor de 50 anos do estado de Chhattisgarh, na ìndia, foi esfaqueado até a morte por cinco homens mascarados. A polícia culpa comunistas radicais pelo ocorrido, já os cristãos suspeitam que ele foi assassinado por nacionalistas hindus.

Os homens não identificados invadiram a casa do pastor Yallam Shankar, o arrastaram para fora e esfaquearam ele até a morte na aldeia Angampalli, no distrito de Bijapur. Shankar deixou sua esposa, dois filhos e netos.

“De acordo com informações preliminares, um grupo de suspeitos de armas Naxals entrou na casa do pastor local Yallam Shankar, e o arrastou para fora. Eles o atacaram com armas afiadas, matando-o no local”, disse um funcionário.

Segundo The Christian Post, o oficial acrescentou que um grupo maoísta deixou uma nota escrita à mão para reivindicar a responsabilidade pelo assassinato.

No entanto, o grupo local, Aliança Cristã Progressista de Chhattisgarh, disse em um comunicado que os cristãos na aldeia haviam recebido ameaças de morte por grupos nacionalistas hindus.

“Os cristãos nesta área têm enfrentado intensa oposição dos nacionalistas hindus radicais. Várias vezes o pastor Shankar defendeu cristãos de nacionalistas hindus radicais, e essa pode ser a razão para essa forma extrema de perseguição de matar”, disse um cristão local.

Além disso, cristãos locais afirmam que dois dias antes do assassinato, nacionalistas hindus radicais haviam ameaçado o pastor, dizendo que o matariam se ele continuasse a pregar.

Por Gospel Prime

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -