Seminário cristão é atacado em Burkina Faso

spot_img

Mais lidas

As autoridades suspeitam que o incidente foi provocado por jihadistas

Homens suspeitos de integrarem um grupo radical invadiram o seminário Saint Kisito de Bougui, localizado na região leste de Burkina Faso, na noite da última quinta-feira (10). Eles atearam fogo em dormitórios, salas de aula e um veículo; e, ainda, roubaram outro carro, pertencente a um líder cristão.

No local moram sete professores e 146 seminaristas, no entanto ninguém foi ferido. Devido à semelhança com os ataques jihadistas anteriores, a suspeita é de que o incidente tenha sido promovido pelo mesmo grupo, aproveitando-se da atual situação política do país.

Os ataques contra os cristãos são cada vez mais comuns no território e foi um dos fatores que colocou a Burkina Faso em 32º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2022.

Por Portas Abertas

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -