Cristãos indianos começam o ano apreensivos

spot_img

Mais lidas

A perseguição aumentou no período das festividades de fim de ano

A perseguição aos cristãos aumentou no período de Natal na Índia. Segundo relato da mídia local, mais de 25 ataques contra os seguidores de Cristo ocorreram durante o período em que se comemora o nascimento de Jesus. Todos esses incidentes foram confirmados por cristãos locais.

Pouco antes do Natal, uma nova lei anticonversão foi aprovada no estado de Karnataka. A assembleia aconteceu em meio a protestos e oposição. Essa vitória dos extremistas hindus que estão no poder encorajaram a população a promover ataques contra os cristãos, como a interrupção de encontros e celebrações, vandalismo de propriedades, propagação de falsas acusações de conversão e imposição de retorno ao hinduísmo. Muitos pastores e cristãos foram indiciados injustamente e um relatório falso foi registrado na polícia, resultando em prisões.

Os extremistas religiosos têm declarado abertamente o ódio e exigido leis rígidas contra os cristãos. Em 24 de dezembro, durante um evento cristão em uma escola de Haryana, um grupo de radicais hindus entrou no campus da escola gritando “Jai Shri Ram!” (Salve, Senhor Ram!) e “Bharat Mata Ki Ja”, um slogan nacionalista.

Os extremistas destruíram móveis e o sistema de som, acusaram os cristãos de conversão em massa e de enganarem pessoas dalit para aceitar Cristo. Eles interromperam completamente o evento e deixaram o aviso de consequências terríveis se as atividades cristãs continuarem.

Por Portas Abertas

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -