Perseguição e o ódio contra cristãos só aumentam na Índia

spot_img

Mais lidas

Os extremistas hindus acreditam que indianos devem seguir o hinduísmo

O segundo país mais populoso do mundo, ficando atrás somente da China, a Índia, celebrou 72 anos da entrada em vigor de sua Constituição em todo o território indiano, nesta quarta-feira (26). Apesar da data, os seguidores de Cristo não têm motivos para celebrar na Índia.

Para os extremistas hindus, todos os indianos devem seguir o hinduísmo como religião. Eles objetivam exterminar o cristianismo do país, e utilizam da violência, intolerância e hostilidade para atingir esse objetivo.

Frequentemente divulgamos notícias de cristãos que são pressionados a se reconverterem, e em muitos casos sofrem com ameaças e boicotes da comunidade local. Os cristãos ex-hindus são ainda mais vulneráveis. A Portas Abertas relata que, todos os cristãos são acusados de seguir uma fé estrangeira, e por isso, eles recebem a culpa pelos acontecimentos ruins que atingem as comunidades.

Recentemente, a organização que apoia cristãos perseguidos em todo o mundo, compartilhou a notícia de um grupo étnico hindu que obrigou famílias cristãs a voltarem ao hinduísmo. As famílias foram obrigadas a afirmar que cometeram um erro ao se tornarem cristãs.

Por Portas Abertas

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -