Cristãos das ilhas mais remotas do mundo anseiam pela tradução da Bíblia em sua língua

spot_img

Mais lidas

O povo das Ilhas Marquesas, no Pacífico Sul, está aguardando a Bíblia completa em seu idioma desde 1996.

Os cristãos das ilhas mais remotas do mundo estão ansiosos para receber a tradução completa da Bíblia em seu idioma. As Ilhas Marquesas, um grupo de 12 ilhas vulcânicas, estão localizadas no meio do Oceano Pacífico Sul, a cerca de 1.500 km do Tahiti.

O Evangelho chegou às Ilhas, conhecidas por seus picos montanhosos, penhascos e belas baías, no século 19 por missionários protestantes. O cristianismo faz parte da identidade do povo das Ilhas Marquesas e eles se orgulham de seu idioma e sua cultura única, que inclui a arte de tatuagem e esculturas de madeira.

Em 1995, o Novo Testamento e os Salmos foram traduzidos para a língua marquesa, seguido de uma revisão em 2015. Já a tradução do Velho Testamento iniciou em 1996 e está em andamento até hoje. Durante todos esses anos, os marquesanos têm aguardado a primeira Bíblia na íntegra em seu idioma.

“Nós, ilhéus das Marquesas, somos cristãos há mais de 150 anos, mas ainda não temos a Bíblia completa em nosso idioma”, disse Jacques Mendiola, de 74 anos, ao Eternity News.

Mulheres com o Novo Testamento na língua marquesa. (Foto: YouTube/United Bible Societies).

O cristão Jacques, um professor aposentado que vive na ilha de Hiva Oa, faz parte da equipe local de tradução, que trabalha com o apoio da Sociedade Bíblica do Pacífico Sul.

“Sou grato a Deus pela oportunidade de ajudar no projeto da Bíblia marquesana nos últimos anos, traduzindo o texto e melhorando seu estilo de linguagem. Somos gratos pelo apoio da Sociedade Bíblica do Pacífico Sul neste importante trabalho”, afirmou ao Eternity News.

Jacques, que tem nove filhos e 20 netos, diz estar feliz em ajudar a preservar sua língua para as gerações futuras. Para o tradutor, a Bíblia inteira em marquesano irá ajudar os cristãos das Ilhas a entender a Palavra de Deus de forma mais profunda.

“Apesar da minha ascendência mista, sinto-me totalmente marquesano e a minha língua materna é a marquesa. Quando leio a Bíblia em francês, é difícil de entender devido ao meu conhecimento limitado da língua francesa”, explicou ele.

“Quando meus netos lerem a Bíblia em francês e descobrirem que não conseguem entendê-la completamente, eles poderão recorrer à Bíblia marquesana. Esta tradução servirá de base para o idioma e ajudará os jovens a dominá-lo”.

Atualmente, o trabalho de tradução do Velho Testamento está prestes a ser concluído. Entretanto, a verificação final foi adiada devido a pandemia do Covid-19.

acques (no meio, sentado) com os outros membros da equipe de tradução. (Foto: YouTube/United Bible Societies).

Por Guiame

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -