Em discurso de Natal, Rainha Elizabeth diz que Jesus tem sido o alicerce de sua fé

spot_img

Mais lidas

O tradicional discurso de Natal da monarca britânica foi marcado por uma mensagem emocional, mas também religiosa.

A rainha Elizabeth II fez uma menção à sua fé cristã durante seu tradicional discurso de Natal na tarde de sábado (25). Ela também abriu seu lado pessoal ao mencionar a perda de seu marido, o príncipe Philip.

A monarca de 95 anos disse que embora o Natal seja uma época de alegria, para muitas famílias que perderam entes queridos está sendo um período difícil. Ela diz que este ano, especialmente, entende o porquê.

O príncipe Philip faleceu aos 99 anos em abril de 2021, após 73 anos de casamento com a rainha Elizabeth.

Apesar da falta do marido, a rainha revelou que a chegada de seus netos renovou a alegria da família. “Eles nos ensinam uma lição — assim como a história do Natal — que, no nascimento de uma criança, há um novo amanhecer com um potencial infinito”, disse ela.

A rainha comparou a alegria do nascimento de uma criança ao renovo do nascimento de Cristo, cujos ensinamentos ela considera o “alicerce” de sua fé.

“É essa simplicidade da história do Natal que a torna tão universalmente atraente: acontecimentos simples que formaram o ponto de partida da vida de Jesus — um homem cujos ensinamentos foram transmitidos de geração em geração e têm sido o alicerce de minha fé.”

“Seu nascimento marcou um novo começo. Como diz a canção de natal: ‘As esperanças e medos de todos os anos se encontraram em Ti esta noite’”.

O hino mencionado pela rainha é “O Little Town of Bethlehem”, conhecido em português como “Pequena vila de Belém”, escrito pelo pastor episcopal Phillip Brooks.

Por Guiame

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -