Assembleia de Deus em Gâmbia celebra 25 anos

spot_img

Mais lidas

Igreja desenvolve projeto que evangeliza, discipula e treina obreiros, por meio da alfabetização

No último dia 30 de outubro, a Assembleia de Deus em Gâmbia celebrou seus 25 anos de existência. A AD está localizada no pequeno país que ocupa uma faixa de terra dentro do Senegal, na África Ocidental, e tem como pioneiros os missionários do país de Gana, e do Brasil.

O missionário Warner Lisboa e sua família, foram enviados para o campo missionário de Gâmbia há 6 anos, pela igreja Assembleia de Deus em Mossoró – RN, presidida pelo pastor Francisco Cicero Miranda.

Lisboa compartilha que, durante esses 6 anos, Deus tem feito coisas maravilhosas, e tem operado em suas vidas e por meio de suas vidas. “Temos aprendido nesse tempo a ouvir a voz de Deus nos direcionando para realizarmos aquilo que Ele quer. São 6 anos ajustando a visão com a visão de Deus, vendo pela fé aquilo que Ele faz e fará mais ainda”, afirmou.

O missionário compartilha a alegria de ter sido direcionado por Deus, através da liderança nacional, para região norte do país, onde o objetivo é plantar igrejas em doze aldeias. Das doze, quatro já foram alcançadas, e uma aldeia teve o trabalho evangelístico reativado, após anos desativado.

A Secretaria Nacional de Missões – SENAMI realizou a doação de um gerador para o campo missionário, e assim foi possível realizar cruzadas evangelísticas e outros trabalhos na região.

“O gerador não apenas trouxe energia, mas trouxe a luz do Evangelho, a luz para aqueles que habitava na região escura do sincretismo, da idolatria, da feitiçaria e do pecado. Deus tem nos dado estratégias para evangelizar, discipular e treinar obreiros. Dentre essas estratégias destacamos aqui o projeto Literacy, Discipling and Sending, que tem como objetivo alfabetizar, discipular e enviar”, contou Wagner Lisboa.

Wagner explica que, o povo que sua equipe está trabalhando, “é misto de etnia Balanta, alguns Fulas e manjacos e 95% deles não falam, não leem e não entendem o inglês, que é a língua oficial”, disse.

Na dificuldade de material nos seus dialetos, o Senhor guiou a equipe a realizar esse projeto de alfabetização, e eles foram despertados para usar a própria Bíblia, e outros textos evangélicos, como o material didático. De acordo com o missionário, na proporção em que a equipe foi alfabetizando, também foi discipulando, e já estão colhendo os frutos desse projeto. Jovens que antes não liam a Bíblia, hoje já estão lendo, e estão servindo na obra, no trabalho local.

O objetivo do campo missionário, é formar e enviá-los quando estiverem prontos, aos seus povos e etnias, para compartilhar o Evangelho para aqueles que não entendem o inglês na sua aldeia. “Também estamos aprendendo com esse projeto para aprimoramos e aplicarmos logo mais ao público infantil, ou seja, estaremos realizando com às crianças que também não falam o inglês” acrescentou Lisboa.

Agradecido por tudo que o Senhor tem feito nesse campo no país de Gâmbia, o missionário Warner Lisboa, também estende sua gratidão aos parceiros que contribuem para que a Obra de Deus prospere: “Somos gratos a parceria da SENAMI na pessoa do pastor José Wellington a Costa Júnior presidente da CGADB e pastor Saulo Gregório e toda sua equipe que tem trabalhado para apoiar os missionários ligado a SENAMI em todo mundo, cremos que com o apoio dos pastores e as igrejas, a SENAMI irá fazer muito mais, estendendo as mãos missionárias por esse mundo a fora”, afirmou Wagner.

Por CPAD News/ Senami

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -