Cristão é agredido e humilhado publicamente por causa da fé em Bangladesh

spot_img

Mais lidas

Mesmo sendo rejeitado pela família e comunidade, Shalman não desiste de seguir a Cristo

No início deste ano de 2021, Shalman, conheceu a Palavra do Senhor, e logo entregou sua vida a Jesus. Por saber das dificuldades em ser cristão no Bangladesh, o jovem de 27 anos manteve sua fé em segredo por algum tempo, mas depois tomou coragem e começou a compartilhar o Evangelho com os amigos.

No entanto, as consequências por compartilhar sua nova fé começaram, e em agosto, foi descoberto pelo povo local de sua comunidade , que o interrogou, e ele rearfimou, “Jesus Cristo é meu Senhor e salvador e eu escolho segui-lo”.

A declaração resultou em agressão e humilhação pública. Shalman foi arrastado por seus vizinhos até uma mesquita, onde lhe deram a chance de se arrepender, mas ele não negou a Cristo, então foi espancado e ameçado de ter sua família excomungada.

Após serem informados sobre a decisão do filho, os pais de  Shalman, se mostraram tristes, porém muito irritados, e insistiram para que ele voltasse ao islã, mas não foram atendidos. Então, Shalman foi espulso de casa pelos pais, que também o denunciaram no trabalho e pediram para que seu gerente o demitisse. E assim foi feito.

Portas Abertas relatou que Shalman tem sido rejeitado em todos os lugares, e sofre por não ser aceito por causa de sua fé.

“Não sei por que há tantos problemas com essa verdade. Perdi meu emprego pela minha fé. Por que as pessoas não gostam quando estou no caminho certo? Estou sofrendo muito, mas ninguém sabe disso. Todo mundo me ignora, ninguém quer me aceitar. Eu sou rejeitado em todos os lugares. Não faço mal a ninguém, mas por que as pessoas se incomodam tanto por causa da minha fé?”, questiona Shalman em lágrimas. 

O cristão tem recebido apoio de parceiros locais da Portas Abertas, que fornecem ajuda emergencial, necessidades básicas, e acompanhamento espiritual, com oração e ministração da Palavra de Deus. Shalman está se mantendo escondido, e com medo de enfrentar mais perseguição. Ore para que Deus fortaleça e guie esse irmão neste momento.  

Por Portas Abertas

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -