Pesquisa mostra que mais de 50% dos franceses não acreditam mais em Deus

spot_img

Mais lidas

Estudo também revela que os franceses falam cada vez menos de religião em família

Na última quinta-feira (23), um estudo realizado pelo Instituto Ifop a pedido da Associação dos Jornalistas de Informação para as Religiões, revelou 51% dos franceses não acredita mais em Deus.

De acordo com a pesquisa, pessoas com menos de 35 anos ou mais de 65 são as mais ligadas à religião, que também está mais presente no cotidiano de moradores do meio rural, do que das cidades.

Numa amostra representativa da população francesa com mais de 18 anos, a pergunta “Você acredita em Deus?” foi feita a 1.028 pessoas, entre os dias 24 e 25 de agosto deste ano, 51% dos entrevistados disseram “não”.

Em 2011 e 2004, 44% dos entrevistados responderam não acreditar em Deus. Na amostra de 1947, 66% dos franceses afirmaram crer em Deus.

De acordo com a recente pesquisa, a pandemia da Covid-19 não interferiu significativamente na prática religiosa. Apenas 9% dos entrevistados afirmaram que a crise sanitária os fez aproximar de uma religião.

Incêndio na Notre-Dame

O incêndio da catedral de Notre-Dame de Paris, em 2019, também foi considerado, e questionado se fomentou algum sentimento religioso ou de “teor espiritual”, e 79% responderam que não, mas 21% falaram que sim.

Segundo o estudo deste ano de 2021, 38% dos franceses falam cada vez menos de religião em família. Em 2009, o resultado foi de 58% para esta questão, e 49% não falavam sobre o assunto entre amigos. No último estudo, apenas 29% conversam sobre a temática no seu ciclo de amizade.

Relacionado ao papa Francisco, 41% acreditam que ele “defende bem” os valores do catolicismo, 44% responderam “nem bem, nem mal”, e o restante (15%), acreditam que “defende mal”.

54% dos interrogados responderam que “todas as religiões são válidas”.

Por Guiame

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -