Cristãos em Mianmar pedem oração pela situação do país

spot_img

Mais lidas

Desde fevereiro os conflitos políticos preocupam os seguidores de Jesus

A atual situação de Mianmar, que desde fevereiro enfrenta dificuldades com o governo, após militares assumirem o poder. Hoje, continuaremos a compartilhar o testemunho de cristãos no país. Min Naing, descreveu a situação: “As pessoas estão saindo para comprar comida e estocar mantimentos e remédios. As forças de segurança estão nas ruas e elas realmente intensificaram a verificação das pessoas. Nós não poderemos sair de casa nos próximos dias”.

Sally*, que vive perto das áreas de conflito, compartilha que os preços de muitos itens básicos subiram: “O preço do arroz aumentou quase duas vezes. Pessoas de aldeias vizinhas já fugiram de casa enquanto as bombas destruíam as aldeias. A eletricidade está se tornando irregular. Eles podem cortar nossa eletricidade e internet. Em uma das áreas devastadas pelo conflito, eles já cortaram a internet nas últimas semanas”.

No país os militares estão forçando trinta homens de cada aldeia a se juntarem as suas tropas. Assim, muitos homens fugiram para as selvas para evitar serem forçados a lutar. “Os militares estão invadindo nossa área, e há tiroteios acontecendo desde esta manhã. Podemos ouvir tiros, explosões de bombas e bombardeios. Forças militares e grupos armados étnicos estão lutando em uma das aldeias onde os cristãos vivem”, compartilha Jim*, um cristão local.

Irmão Lwin*, um cristão local, convoca a igreja a interceder: “A situação nos estados de Chin, Kachin e Karen está piorando. Comunicações por telefone e internet estão sendo bloqueadas, e os militares parecem estar mirando essas áreas onde a maioria das pessoas são cristãs. Por favor, clame por força para os seguidores de Jesus, especialmente nessas áreas, por provisão de comida e abrigo, e proteção contra danos”, finaliza.

*Nomes alterados por segurança.

Por Portas Abertas

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -