Igreja evangélica ganha novo altar produzido por detentos em ressocialização

spot_img

Mais lidas

Projeto “Pau que Nasce Torto Vira Arte” contempla 50 pessoas privadas de liberdade e utiliza o artesanato como ferramenta de capacitação.

Altar é construído por detentos em igreja evangélica em Canhotinho. (Foto: Divulgação / Seres)
Altar é construído por detentos em igreja evangélica em Canhotinho. (Foto: Divulgação / Seres)

A Igreja Evangélica Kerigma, em Canhotinho, no Agreste (PE), ganhou um novo altar construído pelos detentos do Centro de Ressocialização do Agreste (CRA), unidade prisional do regime semiaberto.

Durante três dias, quatro reeducandos trabalharam em horário integral produzindo o altar e o púlpito em madeira pallet pintada, além da luminária.

O projeto “Pau que Nasce Torto Vira Arte” contempla 50 pessoas privadas de liberdade e utiliza o artesanato como ferramenta de capacitação, geração de trabalho e renda.

“O trabalho já é uma forma de crescimento intelectual e cultural, unido à remição de pena e ao ganho financeiro, ele se torna efetivamente uma alternativa de reinserção do preso na sociedade e no ambiente familiar”, disse o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

O projeto social tem uma loja onde oferece os produtos artesanais de madeira feitos pelos ressocializandos, como forma de reverter o valor para o sustento deles.

Por Guiame

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -