Estudos mostram que a fé está associada à saúde mental positiva

spot_img

Mais lidas

A fé é extremamente positiva em pacientes que estão passando por algum tratamento. E ela é fundamental para vencer tempos difíceis.

Em 2020, a saúde mental dos estadunidenses atingiu seu ponto mais baixo, historicamente. Os transtornos mentais aumentaram em 50%. Também foi observado um aumento no consumo de álcool e outras substâncias. Já os jovens adultos apresentaram duas vezes mais probabilidade de recorrerem ao suicídio, em comparação com 2018. Contudo, os únicos que apresentaram uma saúde mental positiva no ano passado foram os que participaram de algum encontro religioso (virtual ou presencial).

O que os fatos mostram?
Outro fato que pode ser observado: a economista Jeanet Bentzen, da Universidade de Copenhague, identificou que a procura pela palavra “oração” no Google, em 95 países, alcançou um recorde em março de 2020, quando as pessoas enfrentavam os efeitos da pandemia no auge. Isso significa que há o desejo nas pessoas em buscar pela fé nos momentos difíceis.

Um estudo integrante com 130 pessoas mostrou que aqueles que valorizavam a espiritualidade possuíam um córtex cerebral mais espesso e que isso ajudava a proteger contra a depressão.

O Hospital McLean, em Massachusetts, decidiu criar um programa, em 2017, com uma equipe multidisciplinar, que permitisse a espiritualidade no tratamento de pacientes. Desde então, mais de 5 mil pessoas já foram atendidas e 90% relatou experimentar algum tipo de benefício.

Entretanto, desde que Sigmund Freud, conhecido como o “pai da psicanálise”, caracterizou a religião como uma “ilusão de massa”, os profissionais de saúde mental e os cientistas evitam recorrer ao termo “fé”. A consequência é que muitos profissionais da área da saúde ignoram as possíveis soluções espirituais no tratamento de pacientes. Mas, na prática, o cenário tem se mostrado o contrário: a fé é eficaz e as pessoas desejam recorrer a ela.

Mais sobre o assunto
Na plataforma Univer Video, você pode encontrar o tema “Os impactos da quarentena na saúde mental“, da programação Entrelinhas. Confira.

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -