Líderes de 120 nações se unem em oração a partir de Jerusalém

spot_img

Mais lidas

Líderes de 120 nações se reuniram em uma reunião remota através do aplicativo Zoom para orar a partir de Jerusalém. Encontro aconteceu às seis horas da manhã de quinta-feira (13), no horário local, meia noite no horário de Brasília.

Os líderes abriram um período de 12 dias de oração mundial, em memória da Grande Comissão, que representa o ide de Jesus Cristo para anunciar o Evangelho. O ato se estende até o dia 23 de maio, domingo de Pentecostes, quando o Espírito Santo desceu sob os discípulos de Jesus em Jerusalém.

Com 2 horas de duração, lideranças das chamadas casas de oração, que são locais onde cristãos oram initerruptamente por 24 hroas por dia e 7 dias por semana, estiveram participando da iniciativa da Casa de Oração de Jerusalém para Todas as Nações (JHOPFAN), liderada pelo pastor Tom Hess.

No Brasil, o apóstolo Joel Engel, líder da Casa de Oração Monte da Adoração, que fica no sul do país, aproveitou o momento para orar por Jerusalém, levantando um clamor em favor da Terra Santa

“Oramos para que a Grande Comissão seja completada nesse tempo e que seja derramado o Espírito Santo em todas as nações. Que haja um grande avivamento neste Pentecostes e toda a Terra esteja preparada para receber o Senhor Jesus Cristo. Que sejam levantados os profetas que irão preparar o caminho para o Senhor voltar”, disse.

Joel Engel com soldados de Israel (Foto: Reprodução/Facebook)

Oração
O modelo de oração da Casa de Oração em Jerusalém tem como base plantões de oração, sendo que os brasileiros estarão orando em 15 e 22 de maio, já que faz parte do horário das 18 às 20 horas e das 4 às 6 horas da manhã.

Cada líder de oração deve movimentar suas cidades e os estados de seus países para fazerem parte da corrente, cujo objetivo é formar o maior movimento de intercessão de todos os tempos.

Engel convocou 200 casas de oração ligadas ao seu ministério e enfatiza a importância do momento, pois acredita que estamos vivendo os últimos tempos antes da volta de Jesus Cristo.

“Quanto mais valentes se unirem ao exército de Cristo, mais certa será a nossa vitória. Precisamos encher os céus do Brasil com as nossas orações e apresentar todos os pedidos até o dia de Pentecostes. Tenho certeza de que o Espírito Santo irá se manifestar como nos dias dos apóstolos e todos nós seremos cheios de fogo e poder”, comentou.

No dia 23 de maio, domingo de pentecostes, haverá mais uma reunião entre os líderes a partir de Jerusalém, entre 8h00 – 10h00, no horário de Israel e 2h00h às 4h00h da madrugada no Brasil.

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -