Tipos bíblicos de consciência – Parte 3

Pr. Sérgio Loureiro
Pr. Sérgio Loureiro
Sou o Pastor Sérgio Loureiro, Casado com Neusimar Loureiro, Pai de Lucas e Daniela Loureiro. Graduando em Administração e Graduando em Teologia. Congrego na Assembleia de Deus em Bela Vista - SG
spot_img

Mais lidas

  1. CONSCIÊNCIA COM REMORSO. A palavra remorso significa: “aflição, tormento de consciência por ato mau que se praticou”. A Bíblia, por sua transparência nas histórias reais que conta nos apresenta vários exemplos de homens e mulheres que sofreram o remorso em suas vidas depois do pecado cometido.

“E ninguém seja fornicador ou profano, como Esaú, que, por um manjar, vendeu o seu direito de primogenitura. Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a benção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento ainda que, com lagrimas, o buscou” (Hb 12.16,17); “ Então, Judas, o que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe, arrependido, as trinta moedas de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciões …, E ele, atirando para o templo as moedas de prata, retirou-se e foi-se enforcar (Mt 27.3,5).

O remorso inibe a confissão sincera dos pecados cometidos e traz consequências desastrosas à vida psicológica, social e espiritual do crente.

  • CONSCIÊNCIA CULPADA. Consciência culpada implica estar vivendo num estado de espírito em que a pessoa o tempo todo sente-se acusada interiormente. É a consciência acusando e culpando a pessoa por algum ato contrário ao que é correto, Paulo diz:

“os quais mostram a obra da lei escrita no seu coração, testificando juntamente a sua consciência e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os (Rm 2.15).

É aquela voz irritante fazendo lembrar uma ação diárias e tirando a paz de espírito (1Jo 3.19,20).

  • CONSCIÊNCIA PESADA. O salmista Davi diz:

“Pois já as minhas iniquidades ultrapassam a minha cabeça; como carga pesada são demais para as minhas forças” (Sl 38.4).

O salmista passara por alguma experiência amarga e sentia o peso dela sobre sua consciência. Que carga poderia ser está sobre a sua consciência? Podia ser o peso de uma injustiça cometida contra outra pessoa. Podia ser o peso de uma palavra imprópria e negativa contra alguém. Podia ser o peso de uma atitude egoísta em prejuízo de terceiros. Consciência pesada por um pecado não confessado pode gerar problemas físicos e emocionais que podem causar grande sofrimento. Aliviar uma consciência do seu peso negativo e acusativo, só é possível mediante o reconhecimento desse pecado e a sua confissão diante de Deus e a purificação pelo sangue de Jesus.

“Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado” (1 Jo 1.7);

 “quanto mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará a vossa consciência das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo? (Hb 9.14).

  • CONSCIÊNCIA ABRASADA. A consciência abrasada faz doer a alma e o espírito assim diz a Bíblia:

“Se o que te aborrece tiver fome, dá-lhe pão para comer, e, se tiver, dá-lhe água para beber, porque, assim, brasas lhe amontoaras sobre a cabeça; e o Senhor to pagará” (Pv 25.21,22).

Amontoar brasas sobre a cabeça de alguém é uma forma de despertar a consciência insensível de outra pessoa com atitudes inversas das praticadas por ela. É fazer o bem pelo mal. Quando alguém faz uma injustiça contra nós, a melhor resposta é fazer o bem ao que nos prejudicou. Pagar o mal com o bem é lançar brasas sobre a cabeça do ofensor. O salmista Davi parecia entender muito dessas questões de consciência:

 “Caiam sobre eles brasas vivas, sejam lançados no fogo em covas profundas, para que se não tornem a levantar” (Sl 140.10).

Deixar de fazer o bem, significa amontoar brasas sobre a sua própria consciência (Pv 24.11,12,17,18,29; Rm 12.17-21). O único modo de abrandar uma consciência dura é praticar uma boa ação sem esperar resposta igual. Quanto mal poderíamos evitar se agíssemos sempre com uma mente espiritual e com uma consciência pacífica. 

Continua na próxima semana.

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -