O Líder Cristão – Parte 1

Pr. Sérgio Loureiro
Pr. Sérgio Loureiro
Sou o Pastor Sérgio Loureiro, Casado com Neusimar Loureiro, Pai de Lucas e Daniela Loureiro. Graduando em Administração e Graduando em Teologia. Congrego na Assembleia de Deus em Bela Vista - SG
spot_img

Mais lidas

“A liderança cristã à luz da Bíblia Sagrada e suas diferenças em relação à liderança secular”
Para este estudo, tomemos por base inicial os textos a seguir: “Os que trabalham entre vós” – os que trabalham primeiro executando a obra do Senhor, “Os que presidem sobre vós no Senhor” – os que trabalham primeiro administrando, dirigindo, a obra do Senhor (1Ts 5.12); “Não havendo sabia direção o povo cai” – “sábia direção” = bom governo, boa administração.

I. LIDERANÇA CRISTÃ
Líder cristão é a pessoa que Deus escolhe, capacita e dirige para administrar a Sua obra: as igrejas e suas instituições, seu povo, seus negócios (Lc 19.13). O obreiro torne-se líder porque antes já é obreiro (como é o caso do pastor da igreja). Ele não é obreiro porque é líder, pois não existe o dom ministerial de líder (Ef 4.8-12). O líder cristão pode ser obreiro ou não, uma vez que a liderança cristã é uma capacitação divina de um homem que Deus escolheu para determinada missão, podendo esse homem ser obreiro ou leigo.

Vejamos os textos de 1Co 12.28 (dons. Governos), Rm 12.8 (dons,o que preside) 2Reis capítulos 9 e 10 (o caso do oficial Jeú, filho de Ninsi, que não era levita, nem profeta, mas Deus mandou ungi-lo para cumprir uma missão para Ele. Portanto, nem todo líder cristão é obreiro, mas todo obreiro chamado por Deus é líder de algum modo. Ele deve estudar sobre liderança cristã na Bíblia. Caso contrario, ele chegará ao ponto de ninguém o suportar. Outro modo dele aprender este assunto é através da “escola da vida”, a qual leva a vida inteira, e nessa “escola”, às vezes, ele só aprende a custa de erros, o que sempre desastroso para todos.

Alertas ao líder cristão:
a) O líder cristão é um administrador. Daí, ele ser enérgico, e tendente a ser duro, isso a partir de sua aparência. O líder tem de vigiar quanto a isso.
b) O líder cristão é dinâmico. Moleza não é com ele. Daí ele ser tendente a subestimar as pequenas causas e as pequenas coisas, quase sempre devido a pressa imposta pelo seu dinamismo. O líder tem de vigiar quando a isso.
c) O líder é racionalista. Ele lida muito com a razão (e não tanto com coração). Daí a sua tendência a ser insensível. O líder tem de vigiar quanto a isso.

Continua na próxima semana

- Propaganda - spot_img

Últimas Noticias

- Propaganda -